Peça por Whatsapp:
(11) 97164-0166
Atendimento
(11) 3061-5924
Olá , Sair
Siga a Quitanda
Código: 437

Cenoura Orgânica 500g

Destaque

 
Simulador de Frete
- Simulador de Frete

Daucus carota subsp. sativus (etmologia: do latim tardio carōta, do grego καρωτόν karōton, originalmente da raíz Indo-Europeia raíz ker- (chifre), devido a sua forma) popularmente conhecido como cenoura, é uma planta da família das apiáceas conhecida e apreciada desde a época dos antigos gregos e romanos.

O nome também designa a raiz dessa planta, raiz esta que é tuberosa, laranja, com uma textura lenhosa e comestível.

As cenouras são comidas cruas, inteiras, ou como parte de saladas, e são também cozidas em sopas e refogados. A parte folhosa da planta não é comida na maioria das culturas, mas é comestível.

As cenouras são grandes fontes de fibra dietética, antioxidantes, minerais e β-caroteno. Este último, responsável pela coloração alaranjada característica do vegetal, é uma provitamina A (substância que dá origem à vitamina A dentro de um organismo vivo). Ele ajuda o desempenho dos receptores da retina, melhorando a visão. Também ajuda a manter o bom estado da pele e das mucosas. É um antioxidante lipossolúvel que neutraliza os radicais livres, combinando-se diretamente com eles, o que aumenta a eficácia do sistema imunitário.

A cenoura apresenta propriedades antissépticas e reguladoras da corrente sanguínea( CHEN ET AL., 1996). A vitamina A é essencial para o crescimento, desenvolvimento e manutenção do tecido epitelial e das membranas mucosas. Tem uma ação moderadora da produção de queratina e estimulante para o desenvolvimento e maturação das células epiteliais( BATISTUZZO; ITAYA; ETO, 2005).

Os retinóides sistêmicos aumentam a síntese do colágeno e reduzem a produção da colagenose, inibindo a enzima que degrada o colágeno.

No ser humano, apenas cem gramas de cenoura são suficientes para suprir as necessidades diárias de vitamina A. As cenouras, originalmente, apareciam com cores púrpura, branca e amarela.

A cenoura laranja, que é hoje sinônimo de cenoura, foi desenvolvida na Holanda como tributo a Guilherme I de Orange (orange significa "laranja") durante a guerra holandesa de independência da Espanha, no século XVI.

Nunca se deve descascar uma cenoura, pois a parte mais nutritiva está justamente perto da superfície. Basta lavá-la e raspá-la. As maiores cenouras do mundo são obtidas tradicionalmente em Ohakune, na Nova Zelândia

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características